,

Formatação de TCC – o básico que você deve saber

Saiba as informações necessárias para normalizar o seu texto de acordo com a ABNT

/

O que é normalização de texto e como preparar monografias para defesa?

Normalização, segundo a própria Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), é a adequação de um texto à norma técnica de publicação.

Frequentemente vemos universidades solicitando que as produções textuais acadêmicas sejam feitas de acordo com a ABNT, o que significa que, para padronizar todas as publicações produzidas por professores e alunos, o texto precisará ser entregue em um formato específico disponibilizado pela própria faculdade ou seguindo às normas brasileiras.

O conjunto de regras que definem como o texto acadêmico deverá ser apresentado está nas seguintes publicações, em Informação e documentação da ABNT:

Referências Normativas para Apresentação de pesquisa:

  • 10520- Citação em documentos;
  • 6027 – Sumário;
  • 14724 – Trabalhos Acadêmicos;
  • 15287 – Projeto de pesquisa;
  • 6028 – Resumo, resenha e recensão;
  • 6023 – Referências;
  • 12225 – Lombada;
  • 6024 – Numeração progressiva das seções de um documento;
  • 6034 – Índice;
  • IBGE. Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro, 1993.

São essas normas que definirão um guia que pode ser seguido na íntegra pela sua faculdade ou não.

É importante lembrar que algumas faculdades possuem normas próprias, que não fogem muito às da ABNT, mas que resguardam pequenas interferências que fazem todo sentido para aquela instituição.

Uma delas, por exemplo, é quanto ao brasão na capa do trabalho. Muitas faculdades exigem que o professor ou aluno insira o brasão para ofertar autoridade à publicação.

Outras exigem apenas que o autor insira informações textuais, deixando o brasão para a capa a ser construída pela própria universidade.

Sabendo disso, vamos às considerações acerca da formatação e porque ela se mostra tão importante.

 

Qual a diferença entre formatar e normalizar um arquivo?

Como vimos anteriormente, a ABNT regula as publicações científicas buscando uma padronização quanto à apresentação do texto. Em regra geral, dizemos que o gênero textual deve ser mantido não apenas na sua linguagem, mas também na sua visualidade.

Normalizar, de fato, é adequar a uma norma, portanto, é uma forma de edição de textos. Já formatar aparece na Língua Portuguesa com outros sentidos que você provavelmente já ouviu falar.

Formatar uma planilha de Excel, por exemplo, significa inserir fórmulas e cálculos matemáticos que façam aquela linguagem funcionar. Assim, ao inserir números na planilha, algumas cédulas depois, você automaticamente verá a soma deles.

Da mesma forma, quando dizemos que estamos formatando um arquivo de texto, na verdade, estamos inserindo fórmulas, ou seja, fazendo com que aquele texto tenha funcionalidade dentro de um programa de edição.

No caso, formatar seria construir sumários automáticos, índices de imagens, tabulação de títulos, formatação de equações etc. Já normalizar seria adequar ao padrão de publicação.

 

 

5 normas da ABNT mais comuns para universitários – Como padronizar a monografia?

Agora que já entendemos o que é normalização e porque ela é importante para publicações acadêmicas, vamos aos dados específicos.

 

1- Capa e segunda capa da monografia

Quando tratamos de adequação de TCC, dissertações de mestrado e teses de doutorado, uma parte essencial são as capas. Toda capa de longos textos acadêmicos deve conter quatro elementos:

  • Elementos para capa ABNT:
  • Instituição (seguindo a hierarquia);
  • Autor;
  • Título;
  • Cidade, Ano.

Com esses elementos, vamos centralizar as informações e garantir que estejam com um espaçamento 1,5. Aqui, lembramos que é sempre prudente consultar a norma de publicação da sua faculdade, pois ela pode modificar alguns dados.

Capa ABNT 2021 (sugestão)

De acordo com a imagem, os únicos elementos que não estão com espaçamento 1,5 são a Cidade e Ano, que ficam nas duas últimas linhas da capa, em espaçamento simples (porque constituem uma unidade). Mas, novamente, essa é apenas uma adequação de estilo que não é regulamentada, por isso, antes devemos consultar as normas da sua faculdade.

Facilitando a compreensão, vamos pular 5 linhas entre o bloco Instituição e o bloco Autor, e assim sucessivamente com os números que aparecem na imagem (5 linhas, 3 linhas e 18 linhas).

Formatação da capa:

  • Espaçamento de 1,5 cm;
  • Espaço de 5 linhas, 3 linhas e 18 linhas entre os elementos;
  • Centralizado (sem recuo de parágrafo);
  • Tamanho 12.

Sobre negritos, itálicos, maiúsculas e minúsculas, falaremos em outro artigo. Assine a nossa newsletter para receber por e-mail.

Ao colocar a página de capa e a segunda capa lado a lado, vamos visualizar um alinhamento entre as duas páginas.

Segunda capa ABNT 2021 (sugestão)

Veja que alguns elementos se repetem, mas outros não são necessários. Vamos repetir apenas o nome do autor, título, cidade e ano, tomando a precaução de olhar na norma da faculdade se cidade e ano estão escritos na mesma linha (ex: Niterói, 2021).

No elemento destacado, em que iremos inserir as informações sobre a natureza da publicação, como nome do orientador, subárea e gênero (dissertação, tese, TCC etc.), o elemento estará justificado e recuado para metade da página.

Veja que as informações não estão em fonte menor, elas aparecem no mesmo tamanho das outras informações.

 

2- Recuos para sua monografia

A padronização dos recuos também serve para dedicatórias. Como o único elemento que aparece na metade da página é o informativo da capa, vamos usar para a dedicatória a regra de recuo de citações diretas, apenas 4 cm.

  • Formação de dedicatória:
  • Justificado;
  • Espaçamento simples;
  • Tamanho 12;
  • Recuo 4 cm.

Lembrando que essa padronização é uma sugestão, algumas faculdades pedem dedicatórias à direita, em itálico ou até mesmo um parágrafo no início da página. Nesse artigo, estamos mostrando o formato mais comum.

Dedicatória ABNT 2021 (sugestão)

 

 

3- Formatação de elementos textuais da monografia

Bom, partindo para os elementos textuais, vamos lembrar que o corpo do texto, ou o grosso do escopo da pesquisa, será escrito em tamanho 12 e espaçamento 1,5. Qualquer coisa diferente disso é reservada para destaques como citações diretas, notas de rodapé e legendas.

 

Epígrafe ABNT 2021 (sugestão)

Veja que a epígrafe, aquele texto no início do parágrafo, foi destacado, por isso, optamos por fazê-lo em fonte menor, espaçamento simples, à direita.

  • Formatação de epígrafe:
  • À direita;
  • Espaçamento simples
  • Fonte menor.

Uma outra situação que muitas vezes faz com que o texto pareça pouco profissional, são os espaçamentos entre títulos e parágrafo ou elementos destacados e parágrafos.

Para essa situação, vamos lembrar da regra geral: o corpo do texto tem espaçamento 1,5, não pule mais de uma linha ou adicione outro espaço, a menos que a norma da publicação exija isso.

Vamos usar sempre espaçamento 1,5, exceto para elementos destacados.

 

4- Formatação de imagens na monografia

As imagens também causam bastante dúvidas na hora da normalização. Algumas faculdades não citam como elas devem ser padronizadas e, para diminuir o custo de impressão do texto, alguns alunos e professores preferem diminuir a imagem no texto, economizando espaço e tinta colorida.

Então, se a imagem não ocupa o espaço inteiro do parágrafo (de margem a margem), como iremos inseri-la no texto?

Primeiramente, vamos lembrar que, segundo as normas do IBGE, tabelas e gráficos devem estar centralizados no texto, por isso, imaginamos também que imagens seguiriam a mesma regra.

  • Formatação de imagens:
  • Centralizada;
  • Título em tamanho 12;
  • Legenda alinhada à imagem;
  • Legenda em fonte menor.

Entretanto, algumas faculdades pedem que as imagens estejam alinhadas à esquerda, como no exemplo.

Margem para imagem 2021 (exemplificação)

 

Mostramos a imagem dessa forma para que você repare no seguinte detalhe: a imagem não apresenta recuo de parágrafo (1,25 cm). Veja que o parágrafo abaixo da imagem não está alinhado com a forma como ela se apresenta acima.

Esse detalhe ínfimo causa um enorme desconforto no leitor, caso não esteja harmonizado. Se a sua faculdade exige as imagens dessa forma, fique atento aos parágrafos automáticos do seu editor de texto.

Se o exemplo da faculdade é sem recuo, deixe sem recuo em todas as imagens, se o exemplo da faculdade for com recuo, adicione o recuo em todas as imagens (incluindo título da imagem e legenda).

Quanto aos títulos e legendas, continuamos seguindo as normas do IBGE, título acima e legenda, em fonte menor, abaixo.

 

5- Formatação de tabelas na monografia

Por fim, e concluindo a seção de formatação de elementos gráficos, temos as tabelas que, como já vimos, devem ser centralizadas e conter título e legenda.

Tabelas IBGE 2021

Perceba que a legenda aparece com um recuo próprio que irá alinhar a informação à tabela. Essa norma é importante porque identifica as informações como parte de um estudo científico, elaborado sob o regimento de uma instituição de renome (IBGE).

Esses detalhes atribuem autoridade ao autor, permitindo que o leitor entenda que aquele elemento gráfico trará informações relevantes e verídicas para a sua instrução.

  • Formatação de tabelas:
  • Aberta nas laterais;
  • Título em tamanho 12;
  • Legenda alinhada à tabela;
  • Legenda em fonte menor.

Lembramos aqui que as tabelas são abertas nas laterais e apresentam dados numéricos que estão relacionados entre si por um cálculo matemático.

Caso você esteja procurando associar informações textuais, o mais apropriado é criar um quadro (fechado nas laterais), mantendo a mesma formatação indicada.

 

 

Uma vantagem para acadêmicos

Vimos aqui várias informações sobre a construção de um trabalho científico acadêmico, mas, convenhamos que o mais importante é escrever a pesquisa. A parte de apresentação é uma formalidade que deve ser seguida, mas não é prioritária.

Uma boa forma de resolver essa questão é preparando o arquivo antes de escrevê-lo ou usando um template (ou modelo pré-formatado) que já esteja pronto com essas normas.

Caso você já esteja com o texto adiantado, vamos sugerir que você baixe o template gratuito da Equipe e cole sua pesquisa nele (escolha colar sem formatação).

Algumas faculdades também possuem templates próprios no site da biblioteca ou na coordenação do curso.

Além disso, hoje em dia existem vários sites e programas que ajudam a automatizar essa formatação, como o Mendeley faz com as referências bibliográficas.

De qualquer forma, o importante é levar a normalização como uma etapa de preparação fácil de ser superada. Vamos abolir a bandeira contra ABNT, porque ela existe para ajudar. Uma vez superada, basta aplicá-la nas próximas pesquisas.

Esperamos ter ajudado e siga com a gente para mais conteúdo.

 

 

Assine a Newsletter

Receba por e-mail as principais dicas e notícias, não perca nenhum material gratuito

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Leia também